Critérios da Pesquisa

FILTROS/CRITÉRIOS/ITENS

O levantamento dos dados constantes no APP exclusivo para os assinantes, contendo mais de mil empresas patrocinadoras, foi obtido por meio das informações disponíveis no site do Ministério da Cultura e Secretarias de Cultura municipais e estaduais, nos sites das empresas, fornecidas por algumas delas ou dos meios de comunicação. Todos os meses estarão sendo atualizadas.

Vários filtros foram instalados para facilitar a pesquisa. O assinante poderá fazer busca por:

Nome da empresa

Setor (vestuário, tecnologia, etc)

Grupo (a que a empresa pertence, quando for o caso)

Atividade (Comércio, Indústria ou Serviço)

Segmento (Quem patrocina Dança, Exposição, Música Erudita, etc)

Política de Patrocínio (Quem tem Política de Patrocínio ou não).

Unidade da Federação (Apenas empresas de determinada UF)

Transparência: (que receberam classificação de 0 a 5 estrelas à transparência que dão para suas aplicações em cultura).

Quanto ao item Transparência, a pesquisa leva em conta apenas o que está disponível no site das empresas. Partimos do princípio de que os investimentos feitos com utilização de incentivos fiscais devem ser do conhecimento de todos, de forma clara e detalhada, pois é dinheiro público. Aquelas que informam no que aplicam também sem lei de incentivo, são valorizadas, assim como aquelas que não fazem uso desses mecanismos mas divulgam o que apoiam e análises que utilizam para patrocinar.

É também levado em conta o que a empresa disponibiliza em seu site sobre período de recebimento de propostas, formas de encaminhamento e de contato, critérios para escolha, publicação de resultado com nome dos projetos vencedores e quantias que receberam, e são valorizadas aquelas que possuem e divulgam Política de Patrocínio e demonstram os projetos que já apoiaram e volume de aplicações já feitas com incentivo fiscal.

A classificação de 0 a 5 estrelas adota os seguintes critérios:

0 Estrela: nenhuma referência em seu website.

*Fornece informação mínima, como um e-mail ou uma breve citação.

**Cita algum(s) projeto(s) que apoia, resume a filosofia da empresa ou outro dado correlato, mas não informa que utiliza lei de incentivo.

***Cita os projetos que apoia, informa que é com lei de incentivo, disponibiliza campo para encaminhamento de proposta, define critérios.

****Divulga a Política de Patrocínio, com critérios definidos, orienta como enviar proposta e fornece meios para isso, informa sobre possível edital com prazos e mantém as informações sobre política mesmo depois de sua expiração, fornece meios de contato como telefone ou e-mail para tirar dúvidas, informa quem faz a análise das propostas e indica quando o resultado será publicado ou de que forma será dada resposta ao proponente.

*****Todos os itens anteriores e mais a relação dos projetos patrocinados, pelo menos os do ano anterior, com total do valor aplicado e respectivo volume de investimento que cada um recebeu com incentivo fiscal.

FICHAS

Cada empresa pesquisada tem uma ficha individual no APP disponível para os assinantes. Nessa ficha constam os seguintes itens:

Razão Social: Nome oficial da empresa, nem sempre coincidente com a marca conhecida pelo público.

Ramo de Atividade: Importante para a identificação das áreas de interesse direto da empresa.

Setor: Ao qual a empresa é ligada (financeiro, farmacêutico, etc).

Controlador: Muitas vezes a empresa que mais investiu em cultura não é a principal entre as companhias pertencentes a um Grupo. O controlador, em geral, define as normas que empresas subsidiárias utilizam no apoio a projetos culturais.

Missão: A definição da Missão de uma empresa serve para nortear os valores que ela almeja aplicar nas relações com clientes, acionistas e a sociedade em geral. Muitas vezes são enunciados que definem com clareza essa intenção; outras, nem tanto. Mas conhecer a Missão da empresa pode ajudar no momento da escolha para onde enviar solicitações de patrocínio. Verificar se os objetivos do projeto atendem a Missão da empresa auxiliam na formulação de proposta.

Data de Abertura: Importante para antecipar ações que levem em conta aniversários relevantes como cinquentenário, por exemplo, ou alguma efeméride que valha a pena explorar com projetos específicos.

Local da sede: Estado e Município que abrigam a sede principal da empresa.

Web: Endereço do website da empresa.

Contato: Estado, cidade e endereço da empresa com CEP, endereço na web e mídias sociais, Telefone e e-mail quando disponível. Estamos agregando cada vez mais informações sobre Departamentos responsáveis por análise de patrocínio e quais pessoas para contato. A maioria reluta em fornecer essas informações, porém algumas já começaram a entender a importância de divulga-las.

Informações sobre a empresa: Resumo do que ela faz e produtos que comercializa.

Perfil de investimento: Sobre as aplicações em cultura feitas por cada empresa. Mostra, primeiramente, qual é a(s) característica(s) principal do perfil de investimento realizado por ela. Depois são citados projetos que patrocinam, periodicidade das aplicações, quais os segmentos favoritos, além de referências fornecidas pelas próprias assessorias quando for o caso. São levadas em conta as aplicações feitas com lei Rouanet e as leis de São Paulo, Rio e Minas, principalmente. Logo agregaremos outras. E também aquelas que investem sem lei de incentivo.

Política de Patrocínio: Se a empresa tem ou não política para patrocinar cultura. Só é levado em conta o que está disponível no site da empresa. Se a companhia tiver Política de Patrocínio apenas para público interno, a resposta a esse item será Não.

Critérios: Busca mostrar quais critérios a empresa utiliza para patrocinar projetos culturais. É mais comum encontrar referências a apoios a projetos dessa área contidas nos campos sobre Responsabilidade Social exibidos em seus sites. Quando nada é encontrado ou não recebemos qualquer informação sobre critérios para patrocínio, adicionamos nesse item a frase Não definidos.

Para Encaminhar Projeto: Este campo informa de que forma as solicitações de patrocínio devem ser enviadas e para quem ou para que departamento. Algumas empresas estão trabalhando com editais públicos. A maioria das empresas, porém, não dá transparência a essa informação. Nesse caso, o espaço do item mostra a frase Informação não fornecida.

Recebimento de projetos: Indica em qual período do ano a empresa está aberta a receber propostas culturais e formas de avaliação, quando houver. Algumas recebem o ano inteiro; outras limitam prazos e outras o fazem apenas em períodos específicos definidos por edital ou programa. Quando não há nenhuma informação a respeito, adicionamos a esse item a frase Ano inteiro.

Leis de incentivo: indica quais mecanismos de incentivo a empresa utiliza para patrocinar projetos culturais. Algumas só utilizam a lei federal e outras leis municipais ou estaduais. Quando ela fizer uso de alguma lei, no campo será inserida a palavra Sim, informando quais são as leis. Quando ela não fizer uso da renúncia fiscal será inserida a palavra Não, que também será aplicada quando a empresa já tiver utilizado lei em algum período e deixou de fazê-lo. Nesse caso será indicado até quando ela se beneficiou.

Segmentos apoiados: A esse item foi dado um tratamento especial. O assinante poderá acompanhar através de gráfico todos os segmentos patrocinados pela empresa desde o primeiro ano em que utilizou lei Rouanet. Além da linha do tempo, ano a ano, o resultado mostra também o nome do segmento apoiado e o número de vezes em que foi patrocinado durante todo o período.

Investimentos: O mesmo tratamento foi dado a esse campo. Gráfico mostra o volume de dinheiro aplicado pela empresa em projetos culturais, ano a ano, desde sua primeira intervenção com lei Rouanet. É mostrado, ainda, o volume total já utilizado e o referente ao último período de utilização.

Social: Esse campo já está preparado para receber informações sobre as intervenções da empresa na área social, mesmo que não sejam especificamente sobre cultura. Ele envolverá áreas de atuação, beneficiários, região de atuação, projetos que desenvolve, projetos que apoia, critérios para apoio, quem pode se candidatar e como fazer para enviar proposta. Todas essas informações estão, ainda, sendo coletadas para logo figurarem nesse Perfil.

 

© A maioria das informações constantes no Perfil de Patrocinadores é pública, porém o levantamento feito pela redação do Portal de Patrocinadores, e a sistematização das informações, são de direito exclusivo da VALORES – Agência para o Desenvolvimento Social e Humano, editora do Portal. Não está autorizada, portanto, a reprodução dessas informações a não ser por expressa autorização desta editora.

 

Áreas de Interesse: Item levou em conta informações contidas nos sites das empresas; na falta destas, baseou-se nos projetos apoiados durante o ano. Inclui áreas de interesse principais e não todas, necessariamente.

Valor do investimento: Quantia aplicada pela empresa em projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura. Números fornecidos pelo MinC.

Critérios: Poucas empresas criaram uma Política para investimentos em cultura e é mais comum encontrar referências a apoios a projetos dessa área contidas nos “links” sobre Responsabilidade Social. Essas informações, em geral, se aplicam a projetos sociais de interesse das companhias e nem sempre os de cultura, patrocinados com leis de incentivo, se encaixam naquelas definições. Há, portanto, outros critérios que nem sempre são esclarecidos pelas empresas. Esse item da pesquisa, ligado aos Para Encaminhar Projeto (ver abaixo) e Transparência, permite constatar com clareza quais são as companhias que estão utilizando a cultura como ferramenta eficiente de comunicação e de ajuda à sociedade e quais são aquelas que estão apenas se aproveitando de um benefício fiscal.

Leis de incentivo: Indicativo de quais leis de incentivo aquela empresa mais utiliza.

Local da sede: Estado e Município que abrigam a sede principal da empresa.

Endereço: Localização da empresa. Pode servir como referência quando não houver informações específicas para encaminhamento de projetos.

Contato: Endereço na Internet e telefone para contato. Nem sempre é relativa a pessoas ou departamentos responsáveis pela avaliação de projetos. Algumas empresas escondem de tal forma os telefones que só restam os 0800 para entrar em contato. Outras, nem isso.

Informações sobre a Empresa: Busca mostrar o que é a empresa, perfil e produtos que comercializa. Informa se existe uma Política de Patrocínio, quais os principais programas culturais que apoia ou executa.

Para Encaminhar Projeto: Este campo informa de que forma as solicitações de patrocínio devem ser enviadas e para quem ou para que departamento. Algumas empresas estão trabalhando com editais públicos. A maioria das empresas, porém, não dão transparência a essa informação. Nesse caso, o espaço do item mostra a frase Informação não fornecida.

Transparência: Sua intenção é mostrar quais são as empresas que se importam em tornar transparentes seus critérios de apoio a projetos culturais e tornar público como são feitas as análises, por quem e em que datas eles devem ser encaminhados. O item leva em conta apenas o que está disponível nos sites das empresas, pois a intenção é avaliar o grau de comprometimento das companhias com o uso das leis de incentivo. A visibilidade que ela oferece para a aplicação do dinheiro público, utilizado nos patrocínios culturais, dá a medida do comprometimento que a empresa tem perante a sociedade quanto a esse aspecto.
As notas seguem os seguintes critérios de Transparência:

♣♣♣♣   =  Excelente

♣♣♣    = Boa

♣♣     = Razoável

♣      = Ruim

♣      = Inexistente